comunicação

Notícias

14 de novembro de 2017

Circuito Sest Senat de Caminhada e Corrida de JP
se destaca pela organização, animação e participação maciça dos atletas

Circuito Sest Senat de Caminhada e Corrida de JP

É comum neste tipo de evento esportivo que ocorre em um dia de descanso que as pessoas se inscrevam e não compareçam no dia, principalmente, quando elas não pagam a inscrição, como foi o caso dos profissionais do setor de transporte e maiores de 60 anos, que juntos representavam mais de 70% do público do Circuito Sest Senat de Caminhada e Corrida, Mas, a presença maciça dos atletas, algo em torno de 90% do público de 1.500 pessoas que se inscreveu, derrubou essa premissa e o que se viu na manhã deste domingo (12), nas imediações do Busto de Tamandaré, na Praia do Cabo Branco, foi uma grande festa esportiva, com muita gente bonita, alegre e animada disposta a encarar os 5 km ou 10 km da corrida, ou o percurso de 2 km de caminhada ao longo da Avenida Epitácio Pessoa, uma das mais importantes vias da capital paraibana.

Logo cedo, por volta das 6h30, os atletas começaram a chegar e se juntar em pequenos grupos, trios, duplas e quem estava sozinho procurou logo se enturmar. Muitos tiravam fotos para registrar a participação no evento, que contou com uma super estrutura de 16 tendas, um grande palco, posto médico, espaço kids, espaço de massoterapia, banheiros químicos, pontos de hidratação, segurança, além de todo o aporte para um evento desta magnitude que contou com um staff de 75 pessoas, entre pessoal de apoio, técnico, de assessoria esportiva, de comunicação, além de representantes do Sest Senat, entidade promotora do Circuito, representada pela diretora geral da unidade João Pessoa, Soledade Pontes, pela coordenadora do Sest JP, Rozimar Firmino, pelo supervisor da unidade, Marcelo Barro, a representante do Sest Senat nacional, Cristiane Amorim e Amaury Azevêdo, conselheiro do Sest Senat.

A chuva que caiu no comecinho da manhã abrandou o clima de um sol bem forte que deixou o céu azul anil todo o tempo e a temperatura em torno dos 38º, que foi atenuada com a distribuição de água, em pontos de hidratação distribuídos ao longo do percurso, e também em uma grande tenda, estrategicamente colocada no final do percurso, logo após o pórtico, onde os atletas repunham as energias com isotônico, barras de cereal e fruta. Antes da largada das provas, os atletas participaram de um aquecimento comandado por um professor de educação física e no final do Circuito de um aulão de aeróbica. As atividades foram realizadas numa arena, em frente do palco..

Na medida em que os atletas foram chegando iam sendo automaticamente computados os resultados e tempo de prova, já que cada atleta inscrito tinha um chip que validava os dados do competidor no momento de passagem pelo pórtico. Os campeões de cada categoria se dirigiam para um espaço reservado e aguardavam ali serem chamados para receber seus troféus, já que cada um dos 1.500 participantes, nas três modalidades 'Trabalhador do Setor de Transporte', 'A partir de 60 anos' e 'Público Geral', receberam medalhas. Antes da premiação, houve o sorteio de bicicletas, patins, bola e até um capacete. As cinco bicicletas foram uma doação do Sindicato dos Motoristas da Paraíba. O presidente do Sindicato, Antônio de Pádua, prestigiou o evento e elogiou a organização. "Está tudo muito bonito e o Sest Senat está de parabéns por mais esse evento de sucesso", disse Pádua.

Campeões

O vencedor da prova de 10 km de corrida, pelo setor de Transporte, foi o funcionário da empresa de ônibus Santa Maria, Ismael Silva, que venceu a prova com um tempo de 35 minutos e 53 segundos. Acostumado a participar de outras provas, Ismael, que recebeu o troféu de campeão da diretora da Santa Maria, Larissa Nascimento, disse que se preparou para a prova, mas, que não esperava ficar em primeiro lugar. "Eu não vinha com essa ideia fixa de ganhar, mas, me preparei bastante e senti, desde o início da prova que eu iria vencer, já que liderei toda a corrida", disse ele.

O campeão da modalidade corrida, no percurso de 5 km, na categoria transporte, Alessandro de Lima Barbosa, é vigilante da empresa de transporte de valores Preserv. Para ele, não foi fácil vencer a prova. "Foi uma surpresa para mim que consegui me superar e fazer um tempo melhor que em outras provas que participei", disse ele que completou o percurso em 18 minutos e cinquenta e um segundos.

Na categoria feminina, representando a comunidade, a vencedora no percurso de 10 km, foi a bancária, da Caixa Econômica Federal, Erivanete dos Santos, uma veterana em corridas. Ela venceu com um tempo de 54 minutos e vinte e oito segundos. "Eu venho me preparando e o resultado é fruto deste esforço, muito treino e foco", disse ela que comemorou bastante a conquista. A relação completa dos atletas vencedores e os tempos de prova será disponibilizada nesta segunda-feira (13), pela direção do Sest Senat.

Autoridades que prestigiaram o Circuito

O superintendente do Detran, Agamenon Vieira, acompanhou as atividades do Circuito e elogiou a organização do evento. "Um evento desta magnitude é muito complexo para ser organizado e o Sest Senat está de parabéns porque tudo está muito bem conduzido", disse ele.

O diretor de Operações da Semob, Maximiano Machado, falou da complexidade da organização de eventos deste porte, que envolve o fechamento de vias importantes da cidade e lembrou da necessidade dos promotores de eventos requererem as licenças para realização de ações desta natureza com muita antecedência. "Isso é uma ação que muda a rotina da cidade e João Pessoa tem tido muitas ações similares, mas, nesse caso específico, o evento foi muito bem direcionado e a Semob cumpriu seu papel institucional e deu o aporte necessário para que tudo transcorresse da melhor forma possível", destacou Maximiano.

O secretário de Esporte de João Pessoa, Jutahy Menezes, foi representado na ocasião por Guto Clerot, e o secretário adjunto da pasta, Rodrigo Trigueiro. Segundo Clerot, o Sest Senat está de parabéns por estimular a prática desportiva através de ações como o Circuito. "Esse é um evento muito bem organizado e o Sest Senat está de parabéns. A cidade de João Pessoa, que tem um calendário permanente de atividades esportivas de rua, acolhe com muito prazer iniciativas como essa", destacou ele.

O coronel Valença, comandante do 15º Batalhão de Infantaria Motorizado, que também prestigiou o Circuito, elogiou a iniciativa do Sest Senat. "Promover ações que estimulem a prática esportiva, especialmente, corridas têm tudo a ver com o que praticamos no Exército que é, sobretudo, a busca de uma melhor qualidade de vida, onde o esporte, ocupa um lugar de destaque", afirmou Valença.

O conselheiro do Sest Senat, Amaury Azevêdo, comemorou o sucesso da etapa João Pessoa do Circuito. "Foi um evento que se superou. Nós sabíamos que ia ser muito bom, mas, superamos todas as expectativas", afirmou ele. A diretora geral do Sest Senat João Pessoa, Soledade Pontes, agradeceu o empenho e dedicação de todos os profissionais envolvidos no evento. "Um evento deste porte não teria um sucesso destes se a gente não tivesse contado com a colaboração e apoio de pessoas comprometidas em fazer e dar o melhor de si. E quero agradecer a colaboração de todos, desde minha equipe, ao pessoal das assessorias técnica, esportiva e de comunicação, que õ mediram esforços para que a etapa João Pessoa atingisse o sucesso de hoje", destacou Soledade.

A coordenadora do Sest, Rozimar Rodrigues, também agradeceu o empenho de todos que se envolveram direta ou indiretamente na realização do Circuito. "Até chegar ao dia da realização do evento, muita energia e tempo foi dedicado para que tudo ocorresse da forma mais brilhante possível. E graças a uma equipe focada, que não mediu esforços para estimular a inscrição do pessoal do transporte, nosso público alvo, com plantões nas empresas, que ficou dois dias entregando kits, que montou toda essa estrutura para realização do evento, enfim, cada um, com sua competência e habilidade, contribuiu para que a etapa João Pessoa fosse o sucesso que vimos hoje aqui, inclusive do grande público que nos prestigiou. Estou muito feliz com o resultado e divido o sucesso com todas as pessoas que se envolveram nas ações que culminaram com esse evento lindo, tranquilo e de sucesso", destaca Rozimar.

Púbico alvo

Das 1500 pessoas que se inscreveram no Circuito, 60% delas são ligadas ao sistema de transporte, que era o público alvo do evento, já que a ação é uma realização do Serviço Social do Transporte (SEST) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT). O Circuito contemplará outras 32 cidades no país, além de João Pessoa e tem o objetivo de incentivar a prática de atividade física para os trabalhadores do setor de transporte e para toda comunidade onde as instituições estão inseridas. A Paraíba foi um dos poucos estados contemplados com a realização de duas ações. A primeira foi a Etapa João Pessoa e a outra será a Etapa Campina Grande, que acontece no próximo domingo.

Participantes/Público/Entrevistas

Os amigos Gustavo Jacinto, que trabalha em uma construtora, o motoboy, Daniel Costa, e a analista financeira, Iraelly de Souza, chegaram cedo para participar do Circuito, na modalidade corrida de 10 km. Nenhum deles tinham a expectativa de ganhar, estavam ali pelo prazer de correr e participar de uma atividade esportiva. "Participamos de eventos desta natureza porque gostamos de praticar atividades saudáveis e a corrida, especialmente", disse Iraelly.

O motorista José Leite Sampaio, da empresa de transporte urbano Unitrans, participou pela primeira vez de um evento de corrida, mas, se preparou para o Circuito. "Nos últimos dois meses, assim que soube da realização do evento, comecei a treinar e a praticar mais exercícios. Não estou na expectativa de ganhar a prova, mas de participar e me aperfeiçoar e quem sabe ganhar outras provas, no futuro", disse ele.

O motorista da empresa de ônibus São Jorge, José Felipe, participou da corrida, juntamente com sua esposa, a dona de casa, Marilza Rodrigues. Para ele, o Circuito foi um estímulo para sair da vida sedentária. "Desde que soube do evento que fiquei com vontade de participar. Fiz minha inscrição e de minha esposa e treinei alguns dias, não para ganhar, pois não tenho essa pretensão, mas, de alguma forma isso me abriu a vontade de praticar esportes", disse ele, sem ter a exata noção que o Circuito tem esse objetivo, isto é, estimular o trabalhador do setor a praticar uma atividade física, melhorado, assim, sua qualidade de vida.

Estrutura do Circuito

A estrutura do Circuito incluiu 16 tendas, um palco, um pórtico, posto médico, ambulância, uma bateria de 16 banheiros químicos, vários pontos de hidratação, tenda de massagem, espaço kids com piscina de bola e cama elástica, além de distribuição de pipoca e algodão doce, segurança e um staff de 75 pessoas diretamente envolvidas no apoio das atividades e ações do circuito, incluindo um DJ que animou os participantes e público em geral durante todo o evento. Houve ainda a disposição dos atletas um espaço guarda-volumes, onde eles puderam deixar seus pertences em segurança enquanto participavam do Circuito. Todos os inscritos tinham ainda uma apólice de seguro para cobrir eventuais contratempos, mas, felizmente, não houve registro de incidentes, em nenhuma das provas.

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

22 de novembro de 2017

Empresário Arthur Bruno Schwambach

Fundador do Grupo Borborema

21 de novembro de 2017

Governo regulamenta Pró-Transporte até 2020

Seleção de propostas do Refrota continuará com as regras atuais.

17 de novembro de 2017

Investimento nas rodovias é menor

que o gasto com acidentes - conforme pesquisa CNT

MAIS NOTÍCIAS