comunicação

Notícias

08 de março de 2018

CNT acompanha
implantação do eSocial

CNT acompanha

O cronograma de implantação do eSocial previsto para começar em janeiro de 2018, para empresas com faturamento acima de R$ 78 milhões, foi iniciado sem registro de grandes transtornos, o que aponta para o sucesso da estratégia sugerida pelas Confederações Patronais de faseamento da implementação.

Conforme quadro abaixo, no dia 1º de março de 2018 iniciou a Fase 2 da primeira etapa de implantação, sendo esta importante módulo preparatório para a fase de envio das folhas de pagamento e substituição das guias de recolhimento de impostos e contribuições sociais consequentes.

Início da 1ª etapa: 08 de janeiro de 2018

Fase 1

janeiro/2018

Cadastro do empregador e Tabelas

Fase 2

março/2018

Cadastros dos trabalhadores e eventos não periódicos

Fase 3

maio/2018

Folha de pagamento

Fase 4

julho/2018

Substituição da GFIP e compensação cruzada

Fase 5

janeiro/2019

Eventos de Segurança e Saúde do Trabalhador

A 2ª etapa da implantação será feita pelas demais empresas (faturamento anual inferior a R$ 78 milhões, incluindo Simples Nacional e MEI) a partir de julho de 2018, conforme quadro abaixo:

Início da 2ª etapa: 16 de julho de 2018

Fase 1

julho/2018

Cadastro do empregador e Tabelas

Fase 2

setembro/2018

Cadastros dos trabalhadores e eventos não periódicos

Fase 3

novembro/2018

Folha de pagamento

Fase 4

janeiro/2019

Substituição da GFIP e compensação cruzada

Fase 5

janeiro/2019

Eventos de Segurança e Saúde do Trabalhador

A implementação contará ainda com uma 3ª etapa, a ser cumprida a partir de 14 de janeiro de 2019 pelos entes públicos:

Início da 3ª etapa: 16 de julho de 2018

Fase 1

janeiro/2019

Cadastro do empregador e Tabelas

Fase 2

março/2019

Cadastros dos trabalhadores e eventos não periódicos

Fase 3

maio/2019

Folha de pagamento

Fase 4

julho/2019

Substituição da GFIP e compensação cruzada

Fase 5

julho/2019

Eventos de Segurança e Saúde do Trabalhador

Testes e Qualificação Cadastral

Continua disponível, na plataforma do eSocial, a ferramenta de "Consulta Qualificação Cadastral" que oferece aos empregadores uma solução para identificar possíveis divergências entre os cadastros internos das empresas, o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Nos casos de incorreções, a ferramenta apresenta orientações para que se proceda a qualificação cadastral, a fim de não comprometer a transmissão de dados a partir de janeiro de 2018.

A Qualificação Cadastral das empresas constitui-se em passo fundamental para a implementação do eSocial, visto que a transmissão de eventos será possível apenas para trabalhadores que estão com dados regulares.

Fonte: CNT

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

21 de abril de 2018

Equipe do Despoluir realiza reunião

Encontro foi na cidade do Recife

16 de abril de 2018

Copa SEST SENAT de Futebol 7 Society

Campeonato mobiliza trabalhadores do transporte de todo Brasil

11 de abril de 2018

Fetronor participa do treinamento do Despoluir

Gestores se reuniram no Sest Senat de Brasíla

MAIS NOTÍCIAS