comunicação

Notícias

03 de janeiro de 2018

Sest Senat
serviços gratuitos

Sest Senat

Todas as Unidades Operacionais do SEST SENAT oferecem gratuitamente aos trabalhadores do transporte e aos seus dependentes os serviços prestados pela instituição: cursos presenciais e a distância e atendimentos em fisioterapia, nutrição, psicologia e odontologia, além das atividades de esporte, lazer e cultura. Para ter acesso à gratuidade, é preciso que o trabalhador autônomo ou a empresa onde trabalha contribua para o SEST SENAT.

O objetivo é ampliar ainda mais o acesso à qualificação profissional e aos serviços de saúde. A gratuidade é uma forma de garantir capacitações continuadas que contribuem para a permanência e a colocação no mercado de trabalho, além de promover a qualidade de vida e o bem-estar do profissional.

Profissionais do setor em todos os modais, transportadores autônomos e dependentes podem usufruir dos serviços prestados sem pagar nada.

São considerados dependentes: cônjuge ou companheiro (a) e filhos menores de 21 anos; pais e avós que comprovem dependência econômica do trabalhador; menores sob tutela e guarda judicial; e filhos maiores de 21 anos quando declarados incapazes física e mentalmente e viverem sob a dependência econômica do profissional.

Como ter gratuidade nos serviços do SEST SENAT

É preciso ir até uma das Unidades Operacionais da instituição e apresentar a documentação necessária, que varia de acordo com o vínculo do profissional com o setor de transporte. Por isso, é importante entrar em contato com a Unidade mais próxima para verificar quais são os documentos necessários tanto do trabalhador quanto dos dependentes.


A partir disso, é feito um cadastro no Sistema Integrado de Gestão do SEST SENAT e é verificada a regularidade da contribuição do profissional ou da empresa à qual está vinculado. É por meio desse programa que os usuários têm a oportunidade, por exemplo, de iniciar um tratamento em uma região do país e continuar em outra.

Clique aqui e saiba mais sobre a contribuição.

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

15 de fevereiro de 2018

2018: ano de investir no transporte

Entrevista do presidente da CNT, Clésio Andrade

08 de fevereiro de 2018

Simulador de financiamento da CNT

facilita compra de ônibus

06 de fevereiro de 2018

Fetronor realiza mais de180 mil aferições do Despoluir em 2017

Federação está entre as primeiras do Brasil, segundo CNT/Sest Senat

MAIS NOTÍCIAS