biblioteca

Artigos

22 de novembro de 2013

O exemplo que vem de São Paulo

São Paulo, a maior cidade brasileira, ostenta também o título de proprietária de um dos trânsitos mais lentos do mundo. Há carros demais e pouco espaço nas ruas e avenidas. A capital do estado mais rico do país também dispõe de um sistema de transporte cheio de opções. Mesmo assim, nem a maior frota de ônibus em circulação ou a mais ampla rede de metrô e trens urbanos do país são capazes de atender à crescente necessidade de deslocamento do paulistano.Curiosamente, vem da cidade mais congestionada do Brasil um exemplo que surpreende o país pelo baixo custo pela simplicidade e pela eficácia.

O município de São Paulo vem investindo na implantação de faixas exclusivas para ônibus e os primeiros resultados são bastante animadores. tanto que a prefeitura vem ampliando seus investimentos na implantação de novas faixas exclusivas em todas as partes da cidade.O primeiro e mais visível resultado obtido com a implantação dessas faixas exclusivas foi a sensível redução no tempo gasto pelo pelos ônibus em seu vai e vem sem fim, levando e trazendo o paulistano para lá e para cá.

Em todas as vias onde o novo sistema foi implantado, conseguiu-se dobrar a velocidade média dos ônibus, que não passava de 12km/h para até 25km/h.O custo de uma intervenção dessa natureza é irrisório diante de outras soluções mais usuais de engenharia de tráfego. Com um pouco de tinta e placas, delimita-se a faixa exclusiva das demais e realiza-se uma obra sem precedentes ou comparação.Ao priorizar o transporte coletivo, a Prefeitura de São Paulo optou pelo caminho mais curto e mais seguro entre um problema que atinge a todos e sua solução que começa a se ampliar.

O prefeito Fernando Haddad, que talvez tenha andado de ônibus pela última vez quando ainda era estudante, já foi varias vezes de ônibus, de casa para a sede da Prefeitura paulistana, no centro da cidade e gastou menos tempo do que se tivesse ido de carro. Por que não seguimos o exemplo e o caminho dele?

AUTOR
Eudo Laranjeiras - Presidente da Fetronor

outros artigos

MAIS ARTIGOS