comunicação

Notícias

02 de fevereiro de 2013

ABTC estima alta de 3% a 4% no custo do frete rodoviário
Aumento deve-se ao reajuste do de reajuste dos combustíveis

ABTC estima alta de 3% a 4% no custo do frete rodoviário

O presidente da Associação Brasileira de Logística e Transporte de Carga (ABTC), Newton Gibson, estima alta de 3% a 4% no custo do frete rodoviário de cargas após o anúncio, feito na terça-feira (29) pela Petrobras, de reajuste de 6,6% para a gasolina e 5,4% para o diesel. Ele classificou o impacto do aumento como significativo, já que "tudo que se move neste País é feito por rodovias".Ontem, com atraso de sete meses desde que a Petrobras expôs a necessidade de aumentar em 15% o preço da gasolina e do óleo diesel, o governo federal autorizou a empresa a reajustar, a partir da 0h desta quarta-feira, o valor dos combustíveis nas refinarias.

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

07 de agosto de 2020

PL que votará ajuda ao transporte público

define repasse a cidades com mais de 200 mil habitantes

06 de agosto de 2020

Câmara aprova urgência para votação

da ajuda de R$ 4 bilhões às empresas de ônibus

05 de agosto de 2020

Crise no transporte público de Campina Grande

obriga empresas a operarem com apenas 30% da frota

MAIS NOTÍCIAS