comunicação

Notícias

17 de agosto de 2018

Fetronor participa
do lançamento do Mais RN

Fetronor participa

A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Nordeste (Fetronor) participou nesta quinta-feira (16) do relançamento da edição atualizada do MAIS RN, proposta de recuperação economica realizada em conjunto entre os setores produtivos da indústria, comércio, transporte e agricultura por meio da consultoria Macroplan. O evento foi realizado na sede da Federação das Industrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) e reuniu lideranças empresariais, de instituições, dirigentes e gestores de entidades dos setores produtivos, autoridades dos três poderes e representantes dos candidatos ao governo estadual.

O documento alerta para a trajetória de declínio de desenvolvimento econômico do Estado com projeção, caso se mantenha a tendência dos últimos dez anos, o Rio Grande do Norte o RN cairá da 14ª para a 23ª posição entre os estados brasileiros, em 2022 – um dos menos atrativos do Nordeste e do Brasil. De acordo com o superintendente da Fetronor, Eiblyng Scardini Menegazzo, o MAIS RN destaca a importância do papel do setor público para a recuperação da economia do Estado.

"O cenário atual exposto não é positivo e a participação do setor público é fundamental para a recuperação da economia, caso contrário o estado entrará em colapso. Mas o MAIS RN foi criado para mostrar que os setores produtivos estão dispostos a empreender esforços em prol do desenvolvimento e apoiar o próximo governante e demais poderes, para que se esforcem e coloquem o Rio Grande do Norte no caminho do crescimento econômico", comentou Eiblyng.

O presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, destaca a preocupação da FIERN e classe empresarial em oferecer, "às vésperas de uma eleição majoritária", um programa completo para a recuperação fiscal e da economia do estado. "Estamos reunidos em torno da palavra estratégica que é planejamento. Esperamos que essa atualização possa dar uma visão de futuro para um Estado mais forte, sobretudo no tocante a eficiência da gestão e do gasto público, a retomada do investimento em infraestrutura pública e o Pacto dos Poderes", frisa ele. A Fetronor também esteve representada pelo empresário Wellington Batista de Oliveira.

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

01 de junho de 2020

Mobilidade é direito essencial e permanente

Artigo do Presidente da ATM

01 de junho de 2020

Câmara aprova MP do Programa Emergencial

de Manutenção do Emprego e da Renda

01 de junho de 2020

PIB do transporte cai 2,4% no primeiro trimestre

Análise da CNT mostra que o setor foi diretamente afetado pela pandemia

MAIS NOTÍCIAS