comunicação

Notícias

06 de abril de 2017

Licitação transporte
em Natal é deserta

Licitação transporte

A segunda sessão do processo licitatório para o transporte coletivo em Natal-RN foi mais uma vez deserta. Nesta quinta-feira (6), nenhuma empresa apresentou proposta à Comissão Especial de Licitação que adiou o processo e vai definir novos prazos. A secretária da STTU, Elequicina dos Santos, não descartou mudanças no edital.
"O processo de licitação do transporte coletivo de Porto Alegre só foi possível na quinta sessão, após ajustes no edital. No nosso caso, a lei que embasa a licitação também terá que ser revista", disse Elequicina à imprensa.
Para o consultor tecnico do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Natal (Seturn), Nilson Queiroga, o grau de exigência previsto no edital torna inviável o modelo de licitação. "A única fonte para manter o sistema funcionando é a tarifa e mesmo operando por dez anos, período da vigência do contrato de concessão, o prejuízo será maior do que temos hoje", afirma Queiroga.
A partir da escolha das empresas, as vencedoras do processo licitatório terão 180 dias após assinatura do contrato para implantar o sistema. A concessão é válida por dez anos e pode ser prorrogada uma vez pelo mesmo tempo.

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

03 de junho de 2020

Falta ampliação do Sistema de Transporte

da Região Metropolitana do Recife

03 de junho de 2020

Crise atinge montadoras de ônibus

Vendas de ônibus novos sofrem queda de 37%

03 de junho de 2020

Novo decreto de isolamento na Paraíba

impõe medidas mais rigidas até o dia 14

MAIS NOTÍCIAS