comunicação

Notícias

11 de outubro de 2011

Milão proíbe carros em dia de poluição máxima
MOTORISTAS TIVERAM QUE RECORRER A MEIOS DE TRANSPORTES ALTERNATIVOS; CIDADE ULTRAPASSOU OS NÍVEIS DE POLUIÇÃO ESTABELECIDOS PELA UNIÃO EUROPEIA

Milão proíbe carros em dia de poluição máxima

Os motoristas de Milão, na Itália, passaram por um tipo de rodízio inusitado. Durante o último domingo, 9, o trânsito da cidade ficou liberado apenas para padres, médicos, recém- casados e automóveis verdes. Outros motoristas tiveram que recorrer a meios de transportes alternativos.

Tal medida foi tomada para alertar a população sobre o problema da poluição, que é crescente. A população foi convidada a deixar o carro em casa toda vez que nível de poluição ultrapassa os níveis estabelecidos pela União Europeia - 50 microgramas de partículas por metro cúbico. É a terceira vez que ela ocorre neste ano em Milão e, obviamente, tem seus adeptos, céticos e fãs. No próximo domingo, outras áreas da cidade participarão do programa.

O programa foi desenvolvido pelo governo e abrange apenas Milão, não o circuito industrial. Além do domingo livre de carros em períodos de pico, organizadores do projeto pretendem desenvolver um serviço de transporte com carros elétricos, que não contaminam o meio ambiente.

Em tempos normais, a restrição contra poluição ocorre às quintas-feiras. A maioria da população atende às solicitações das autoridades e passeia pela cidade de bicicleta.  Em troca da colaboração dos cidadãos, a cidade de Milão lança incentivos como bilhetes gratuitos ou serviços descontos para piscinas municipais ou para os principais museus. Também há planos para vender a passagem mais barata em dias de emergências ambientais. A cidade de Milão não é a única com problemas relacionados à poluição. Programas semelhantes serão implantados em Roma e Bolonha.

Fonte: http://brasil247.com.br

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

01 de junho de 2020

Mobilidade é direito essencial e permanente

Artigo do Presidente da ATM

01 de junho de 2020

Câmara aprova MP do Programa Emergencial

de Manutenção do Emprego e da Renda

01 de junho de 2020

PIB do transporte cai 2,4% no primeiro trimestre

Análise da CNT mostra que o setor foi diretamente afetado pela pandemia

MAIS NOTÍCIAS