comunicação

Notícias

10 de julho de 2020

Operação contra
o transporte clandestino

Operação contra

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) deu início, neste mês, a uma megaoperação com foco no combate ao transporte clandestino de passageiros. Com o nome de Operação Pascal, ela está ocorrendo em todo o território nacional e em todos os sistemas de transporte rodoviário de passageiros que são de competência da ANTT, ou seja, transporte interestadual, semiurbano interestadual e internacional. Na primeira semana da ação, realizada no Distrito Federal e em Goiás, os fiscais apreenderam 30 veículos. Além disso, foram 126 autos de infração que envolveram em torno de 300 passageiros, que, para chegarem aos seus destinos, tiveram as passagens regulares custeadas pelos infratores.

Para auxiliar no planejamento do combate ao transporte irregular, a ANTT está utilizando o Canal Verde Brasil, uma rede nacional inteligente de percepção, acompanhamento e mapeamento de fluxos de transporte nos corredores logísticos, que produz dados para a agência. Entre os instrumentos utilizados, estão pórticos que leem as placas dos veículos na rodovia e fornecem sua localização em tempo real. 

A megaoperação seguirá até dezembro de 2020.

Transportadores pedem rigor contra transporte clandestino 

A reportagem de capa da edição de junho da revista CNT Transporte Atual detalha as dificuldades vivenciadas pelo transporte coletivo de passageiros em razão da pandemia da covid-19. 

No transporte rodoviário interestadual, a reportagem cita que, desde o início da crise, “o serviço clandestino deitou e rolou”. A questão preocupa a Abrati (Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros), que se queixou da falta de fiscalização por parte da ANTT e da inexistência de convênios com a PRF (Polícia Rodoviária Federal) para fazer as abordagens nas rodovias. 

Confira a matéria completa aqui

Fonte: CNT

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

06 de agosto de 2020

Câmara aprova urgência para votação

da ajuda de R$ 4 bilhões às empresas de ônibus

05 de agosto de 2020

Crise no transporte público de Campina Grande

obriga empresas a operarem com apenas 30% da frota

04 de agosto de 2020

OPINIÃO: Transporte coletivo é o grande aliado

na retomada à normalidade

MAIS NOTÍCIAS