comunicação

Notícias

05 de junho de 2019

Projeto de lei contra
o transporte clandestino

Projeto de lei contra

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 04 de junho de 2019, projeto de lei que torna mais rígidas as punições por transporte irregular de estudantes e sem licença de cargas e passageiros em geral. O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 109/2017 altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503, de 1997).

A infração por transporte escolar não-autorizado passa de grave para gravíssima. O transporte pirata passa de infração média para gravíssima, pela proposta. Infração gravíssima gera multa de R$ 293,47 e sete pontos na CNH - Carteira Nacional de Habilitação. O projeto também formaliza a apreensão do veículo.

O PLC não tem efeito sobre transportes por aplicativos, regidos por outras regras, segundo a Agência Senado. A proposta segue para sanção ou veto do presidente Jair Bolsonaro para virar lei.

Fonte: Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

10 de julho de 2020

Idec pede rapidez na tramitação e aprovação

do Programa Emergencial do Transporte

10 de julho de 2020

Operação contra o transporte clandestino

ANTT realizará ação em todo o país

10 de julho de 2020

CNT promove quarta rodada da pesquisa sobre

a situação da empresas após quatro meses de pandemia

MAIS NOTÍCIAS