comunicação

Notícias

28 de maio de 2020

RN fecha 13 mil
postos de trabalho

RN fecha 13 mil

O Rio Grande do Norte fechou 13.108 postos de trabalho com carteira assinada de janeiro a abril deste ano. Os números com maior queda aconteceram entre março e abril, após a pandemia do novo coronavírus: foram menos 10.305 vagas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Ministério da Economia.

Desses mais de 10 mil empregos que deixaram de existir desde o início da pandemia, 8.303 deles foram apenas no mês de abril - em março foram 2.002. Como base de comparação, em abril de 2019 a redução foi de 501 vagas. Os números são calculados com base no número de contratações e de desligamentos.

O Rio Grande do Norte registrou em abril deste ano 4.389 admissões de profissionais com carteira assinada, mas teve 12.692 demissões. A cidade mais afetada com com as demissões foi Natal, que teve 2.089 contratações para 6.471 desligamentos. Ao todo, a capital potiguar perdeu 4.382 empregos no mês passado.

Outras cidades que registraram quedas consideráveis nos postos de trabalho em abril foram Mossoró (-896), Parnamirim (-538), São Gonçalo do Amarante (-419), Macaíba (-244) e Tibau do Sul (-243).

A capital Natal também foi quem registrou os números mais altos nesses quatro meses: foram 18.348 admissões para 24.433 desligamentos de vagas de trabalho com carteira assinada na cidade. Ao todo, a redução foi de 6.085 empregos.

Fonte: G1

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

15 de julho de 2020

Governo edita decreto ampliando prazo para suspensão

de contratos de trabalho e redução da jornada

15 de julho de 2020

À espera de socorro - Transporte de passageiros

precisa da atuação imediata do Estado para equilibrar perdas na pandemia

15 de julho de 2020

Manifesto pela criação do Sistema Único

de Mobilidade Urbana - SUM

MAIS NOTÍCIAS