comunicação

Notícias

10 de fevereiro de 2014

Sest Senat vai garantir a primeira CNH...
... a 50 mil jovens de baixa renda em todo o país

Sest Senat vai garantir a primeira CNH...

Para suprir o déficit de profissionais no mercado de trabalho do setor de transporte, o presidente do Sest Senat e da CNT, senador Clésio Andrade, autorizou o desenvolvimento do projeto Primeira Habilitação para o Transporte, de âmbito nacional, e que vai fornecer, de maneira gratuita, a primeira habilitação a 50 mil jovens em todo o Brasil.

O projeto, que será realizado pelo Sest Senat, prevê o custeio de todos os procedimentos necessários para a obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria B. O jovem terá que cumprir os seguintes pré-requisitos: ter mais de 18 anos, renda familiar de até três salários mínimos, saber ler e escrever, participar dos cursos de formação inicial oferecidos pelas mais de cem unidades do Sest Senat e assinar um termo de compromisso que irá trabalhar no setor de transporte.

Para a seleção dos jovens, o Sest Senat utilizará as suas unidades de atendimento, os sindicatos e as empresas de transporte rodoviário de cargas e de passageiros.
"Essa iniciativa do Sest Senat pretende atender uma demanda do mercado de transporte. Nos últimos anos, as empresas estão tendo dificuldades em contratar profissionais, e a nossa ideia é suprir essa carência. Além disso, com a gratuidade da formação e da CNH, também garantimos ao jovem uma profissão, e cumprimos com os nossos objetivos institucionais de desenvolvimento profissional e social", afirma o presidente do Sest Senat e da CNT, senador Clésio Andrade.

De acordo com o senador Clésio Andrade, o projeto prevê também a continuidade da formação desses jovens para atuarem como motoristas profissionais. Para isso, o Sest Senat oferecerá cursos de formação específica para motoristas de ônibus e de caminhão, com carga horária de 160 horas. O treinamento utilizará simuladores de direção de última geração e estará integrado ao Programa Trainee de Novos Motoristas e ao Programa de Formação de Novos Motoristas.

Para mais detalhes, consulte a página ou ligue para 0800 728 2891.

Fonte: CNT Notícias

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

03 de junho de 2020

Falta ampliação do Sistema de Transporte

da Região Metropolitana do Recife

03 de junho de 2020

Crise atinge montadoras de ônibus

Vendas de ônibus novos sofrem queda de 37%

03 de junho de 2020

Novo decreto de isolamento na Paraíba

impõe medidas mais rigidas até o dia 14

MAIS NOTÍCIAS