comunicação

Notícias

11 de janeiro de 2021

Transporte público
quer audiência com Bolsonaro

Transporte público

As empresas de transporte público viraram o ano sem a medida provisória prometida por governistas para auxiliar o setor em meio à pandemia.

Em dezembro, Jair Bolsonaro vetou projeto relatado por Eduardo Gomes, líder do governo no Congresso, que previa auxílio emergencial de R$ 4 bilhões para essas empresas. Segundo Gomes, uma MP seria editada com texto parecido, o que não ocorreu até hoje.

Às vésperas de o ano acabar, representantes do setor bateram à porta do Planalto para pedir socorro pessoalmente a Bolsonaro. O pedido de audiência ainda aguarda retorno e, nas palavras deles, é o único fio de esperança para impedir o colapso do sistema em 2021.

Os últimos levantados pelas empresas são: demanda reduzida a 60% do que era antes da pandemia; ônibus urbanos, trens e metrôs com prejuízo acumulado de R$ 16,3 bilhões; e perda de 57 mil postos de trabalho de janeiro a outubro de 2020 no caso do setor de ônibus

Fonte: O Globo 

Compartilhe esta notícia

últimas notícias

25 de janeiro de 2021

Empresários do transporte público de Campina Grande

apresentam problemas do setor ao prefeito Bruno Cunha

25 de janeiro de 2021

Sistema CNT lança ebook e site dedicados

à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais

22 de janeiro de 2021

Número de passageiros de ônibus em Mossoró

cai mais de 90% durante a pandemia

MAIS NOTÍCIAS